TP são as iniciais do mais recente projecto de Teresa Pavão.

É Loja do Autor.
Uma loja oficina.

De um lado está o atelier, recolhido, ao fundo, onde os objectos são criados.
Do outro lado, o espaço, onde se expõe, onde se faz cenografia para seduzir como uma instalação. 
Encostada á Sé, era uma antiga padaria de Lisboa, cheia de histórias, de luz, de tons claros, onde os balcões de mármore e vidro se mantiveram.
Aqui se associa ao pão, o barro, a massa moldada, o fogo, o alimento e o que o contém.
As peças são feitas em argila branca, polida ou vidrada, onde por vezes se juntam outros materiais: o osso, a madeira, o ferro,a prata e o ouro.
Também se encontra uma colecção de sacos inspirados nos sacos tradicionais do pão, onde os tecidos raros, a passamentaria, os botões e os fios se cruzam, além de outras peças texteis exclusivas.
As peças são únicas e cada uma é tratada com individualidade e tempo; remetem ao vestígio, ao quotidiano, ao utensílio, à casa, à roupa, ao corpo, aos rituais, ao culto...